A partir deste ano serão aceitos pelo SUS dez novas terapias alternativas para auxílio no combate à ansiedade e pela diminuição do estresse

13/03/2018 às 08:19. Comente esta notícia!

A partir deste ano serão aceitos pelo Sistema Único de Saúde dez novas terapias alternativas para auxílio no combate à ansiedade e pela diminuição do estresse, portas de entradas para outras doenças. São elas: Apiterapia, Aromaterapia, Bioenergética, Constelação Familiar, Cromoterapia, Geoterapia, Hipnoterapia, Imposição de Mãos, Ozonioterapia e Florais. Com a confirmação dos novos procedimentos, agora o SUS oferece ao todo 29 tratamentos alternativos, chamados de “práticas integrativas”.

Segundo o jornal Folha de São Paulo hoje as terapias alternativas estão presentes em 57% dos 5.570 municípios brasileiros. Em oito anos de existência, de acordo com o Ministério da Saúde, o programa que incluem estes tipos de tratamento cresceu 670%, partindo de 271 mil em 2008, chegando a 2,1 milhões em 2016. Estima-se que 5 milhões de pessoas utilizem estas terapias anualmente.

Desde 2017 o SUS oferece como terapia complementar as seguintes práticas: “ayurveda, homeopatia, medicina tradicional chinesa, medicina antroposófica, plantas medicinais/fitoterapia, arteterapia, biodança, dança circular, meditação, musicoterapia, naturopatia, osteopatia, quiropraxia, reflexoterapia, reiki, shantala, terapia comunitária integrativa, termalismo social/crenoterapia e yoga.

A decisão sobre utilizar ou não as práticas complementares é dos administradores das unidades de saúde municipais e estaduais. A maioria das terapias são oferecidas pela rede básica de saúde, apesar das práticas não terem o aval de médicos especialistas.

Entenda mais sobre as terapias alternativas:

1 – Apiterapia: método que utiliza substâncias produzidas pelas abelhas nas colmeias, como apitoxina, geleia real, pólen, própolis, mel e outros

2 – Aromaterapia: uso de concentrados voláteis extraídos de vegetais, os óleos essenciais promovem bem-estar e saúde

3 – Bioenergética: visão diagnóstica aliada à compreensão do sofrimento e adoecimento; adota a psicoterapia corporal e exercícios terapêuticos, ajudando a liberar as tensões do corpo e facilitando a expressão de sentimentos

4 – Constelação familiar: técnica de representação espacial das relações familiares que permite identificar bloqueios emocionais de gerações ou membros da família

Cromoterapia: as cores como ferramenta para acalmar. Foto: Pixabay

Cromoterapia: as cores como ferramenta para acalmar. Foto: Pixabay

5 – Cromoterapia: utiliza as cores nos tratamentos das doenças com o objetivo de harmonizar o corpo

6 – Geoterapia: aplicação da argila com água no corpo; pode ser usada em ferimentos, cicatrização, lesões e doenças osteomusuculares

7 – Hipnoterapia: conjunto de técnicas que, pelo relaxamento e concentração, induz a pessoa a alcançar um estado de consciência aumentado para alterar comportamentos indesejados

8 – Imposição de mãos: imposição das mãos próximo ao corpo da pessoa para transferência de energia para o paciente; promove bem-estar e diminui o estresse e a ansiedade

9 – Ozonioterapia: mistura dos gases oxigênio e ozônio por diversas vias de administração; tem finalidade terapêutica e promove melhoria de diversas doenças, sendo usada na odontologia, neurologia e oncologia

10 – Terapia de Florais: uso de essências florais que modifica certos estados vibratórios; auxilia no equilíbrio e harmonização do indivíduo

Terapias já oferecidas:

1 – Ayurveda
2 – Homeopatia
3 – Medicina tradicional chinesa
4 – Medicina antroposófica
5 – Plantas medicinais/fitoterapia
6 – Arteterapia
7 – Biodança
8 – Dança circular
9 – Meditação
10 – Musicoterapia
11 – Naturopatia
12 – Osteopatia
13 – Quiropraxia
14 – Reflexoterapia
15 – Reiki
16 – Shantala
17 – Terapia comunitária integrativa
18 – Termalismo social/crenoterapia
19 – Yoga

Via: Tribuna do Paraná