25 anos da morte do intérprete de Seu Madruga

O seriado Chaves é sucesso no Brasil desde quando começou a ser transmitido pelo SBT. Boa parte dos episódios foi gravada na década de 70. Fora de cena, sabe-se que, infelizmente, houve desentendimentos entre alguns atores. Entretanto, Ramón Valdés, que interpretava o Seu Madruga, sempre teve a admiração e o carinho de todos que fizeram parte da turma. Ele faleceu há exatos 25 anos.

 
Na madrugada desta sexta-feira (9), dois dos fã-clubes mais ativos na Internet renderam homenagens ao ator mexicano.
Os fãs do Chespirito Brasil publicaram:
“Qualquer descrição é absolutamente desnecessária. Ficamos apenas com a saudade e o agradecimento por todas as alegrias que nos proporcionou!”.
Já os administradores do Fórum Chaves postaram montagem com os principais personagens de Ramón:
“Com sua obra, está eternizado nos sorrisos de milhões de pessoas de todo o mundo, que se divertem até hoje com o Alma Negra, Tripa Seca, Super Sam e, claro, o Seu Madruga”.
Em ambas as páginas no Facebook, os depoimentos provocaram milhares de comentários e compartilhamentos. Fãs de todos os cantos do país deixaram recados saudosos e agradecidos pela obra do artista.
A morte do ator, em 9 de agosto de 1988, comoveu os telespectadores de todo o mundo. Ramón Valdez, fumante inveterado, tinha 64 anos e foi vítima de insuficiência respiratória decorrente de complicações do câncer
Nascido na Cidade do México, Ramón começou no cinema ao lado do irmão, Germán Valdés Tin Tan. Ao todo, gravou mais de 50 filmes. O ator foi um dos primeiros a ser convidado por Roberto Gómez Bolaños, o Chespirito, para participar do seriado Chaves.

Ramón Valdés
Ramón Valdés